sexta-feira, 26 de dezembro de 2014

O REI POBRE NOS FAZ RICOS


Rev. Clodoaldo Brunet
Onde está o recém-nascido o Rei dos Judeus? (Mt.2

Governava a Judéia nesses dias, o rei Herodes, o Grande. Homem sanguinário, que no temor de perder o trono elimina todos os seus adversários inclusive as criancinhas de Belém. Ele, diferente de Jesus, nasceu num palácio, para manter-se vivo na memória do povo resolveu investir em magníficas construções, a mais importante delas foi à reedificação do Templo de Salomão. Herodes queria impressionar com seus edifícios.
Jesus, o rei dos judeus, nasceu nos dias do Rei Herodes, numa pequena cidade, o lugar de seu parto foi numa estrebaria, pois não se achou casa que o acolhesse, seu berço uma manjedoura, aquilo que nós chamamos de “coxo”, lugar onde pomos a comida dos animais; a morada de sua infância até
a idade adulta a pequena Nazaré, de onde se dizia que não podia sair algum profeta, desse vilarejo foi dito por Natanael: “ De Nazaré pode sair alguma cousa boa?” ( Jo1.46). Todavia, na pequena Nazaré  Ele dá início ao seu ministério terreno.
Apesar disso, o mundo estava diante de uma riqueza inigualável, o Emanuel, que significa Deus conosco (Mt.1.23). Era diferente dos reis deste mundo, sua riqueza estava na própria pessoa e mensagem. De agora em diante, a humanidade teria palavras de consolação e esperança. Uma experiência singular, não se tratava apenas de um grande homem, mas de um homem perfeito, o Deus que se fez homem.  João o evangelista chamou essa experiência de a encarnação do verbo, cheia de graça e de verdade ( Jo. 1.14).  O Credo Niceno ( 325 d.C ) afirma sobre Ele: “...Deus de Deus, Luz de Luz...”  Quando alguém outro dia perguntou-me se Ele era Deus, não tive outra alternativa se não confirmar a fé dos antigos. A semelhante conclusão chegou o grande escritor inglês C.S. Lewis, um ex-ateu no seguinte raciocínio: "UM HOMEM QUE FOSSE MERAMENTE UM SER HUMANO E DISSESSE AS COISAS QUE JESUS DISSE, NÃO SERIA NEM UM GRANDE MESTRE DE MORAL...” ele seria um lunático ou, então, seria o demônio do inferno. Você tem que fazer a sua escolha! Pode descartá-lo como um louco, ou cuspir nele e matá-lo como se fosse um demônio; ou então, pode cair de joelhos e chamá-lo de Senhor e Deus. Não me venha com qualquer tipo de baboseira paternalista, dizendo ter sido ele algum mestre de moral. Ele não nos deu essa alternativa. E nem pretendia dar”.
No Natal adoramos ao Rei que nos trouxe a verdadeira riqueza, o Emanuel, o Deus conosco. Adorá-lo por sua bondade em distribuir aos pobres de espírito  as suas riquezas espirituais. O teólogo João Calvino (1517) disse que para dar-nos das bênçãos celestiais, Jesus nos propôs uma permuta: “Recebeu a nossa pobreza, e nos transferiu a suas riquezas; levou sobre si a nossa fraqueza, e nos fortaleceu com o seu poder; assumiu a nossa mortalidade, e fez a nossa a sua imortalidade; desceu a terra, e abriu o caminho do céu; fez-se  Filho do Homem, e nos fez filhos de Deus”.
O Rei que nos faz ricos era pobre, não possuía as riquezas deste mundo, mas tesouros  espirituais. Deixou-nos o caminho da fé como meio de recebê-los, poderia ter escolhido outra forma, mas é a vontade do Rei, a fé, aos que tem fé neste Natal, Ele promete fartá-los de bens espirituais. Lucas, o médico amado disse: “Encheu de bens os famintos e despediu vazios os ricos” (Lc.1.53).  Aos homens de fé um feliz Natal e venturoso ano novo.
Coluna: Opinião página 04 Jornal Alto Sertão/dezembro 2014
*Clodoaldo Brunet Pastor Presbiteriano em Cajazeiras PB.
pastorbrunet@hotmail.com

quarta-feira, 17 de dezembro de 2014

17 DE DEZEMBRO DIA DO PASTOR PRESBITERIANO HOMENAGEM DA FEDERAÇÃO DE SAFs DO POPB.

"Dar-vos-ei pastores segundo o meu coração, que vos apascente com conhecimento e com inteligência"Jr 3.15

Como surgiu o dia do pastor na Igreja Presbiteriana do Brasil
Em 16 de dezembro de 1865, foi organizado o primeiro Presbitério da Igreja Presbiteriana do Brasil, jurisdicionando as Igrejas do Rio de Janeiro, de São Paulo e de Brotas. José Manoel da Conceição apresentou-se a este Concílio, manifestando seu desejo de tornar-se Ministro Evangélico. Foi examinado pelo Presbitério, fez o sermão de prova, e foi aprovado. No dia seguinte, 17 de dezembro de 1865, foi ordenado pastor.
.....Foi assim que, José Manoel da Conceição, um ex-padre, o "padre protestante", tornou-se o primeiro pastor presbiteriano brasileiro. E, por esta razão, o dia 17 de dezembro foi escolhido para ser o Dia do Pastor, na Igreja Presbiteriana do Brasil .
Pastor e suas atribuições
O ministro do evangelho é o oficial consagrado pela Igreja, para dedicar-se especialmente à pregação da Palavra de Deus, edificar os crentes e participar, com os presbíteros regentes, do governo e disciplina da comunidade. 

Coração de Pastor
Seu amor pelas ovelhas do rebanho é moldado de acordo com o amor de Cristo, o Bom Pastor.
Olhos de um Pastor
Com visão aguçada é capaz de enxergar tanto as presas do lobo inimigo como as estratégias pastorais necessárias para cuidar do rebanho de modo eficaz.
Ferramentas de trabalho pastoral
A voz do pastor, sua vara e seu cajado. A voz é o instrumento com o qual ele guia e dirige as ovelhas- isto envolve aptidão para o ensino; a vara, arma parecida com um bordão usada na defesa contra os inimigos específicos- pode ser leão hoje, um urso amanhã ou um lobo em outra ocasião e lugar; o cajado é um instrumento de resgate, de recuperação. O topo encurvado trás as ovelhas perdidas de volta, puxa a ovelha caída de dentro das fendas do terreno montanhoso. Representa a disciplina, forma de cuidar do rebanho para que o mesmo seja responsável e obediente à voz do Bom Pastor.
A vocação do pastor
É quando todas as outras portas estão abertas, mas você só anseia entrar pela porta do ministério. O profeta Jeremias diz que é Deus quem dá pastores à igreja (Jr. 3.15). O pastor não é um voluntário, mas um chamado por Deus. Seu ministério não é procurado, é recebido. Sua vocação não é terrena, mas celestial. Sua motivação não está em vantagens humanas, mas em cumprir o propósito divino. É abrir mão de outros ideais.
Parabéns a todos os pastores do Presbitério Oeste da Paraíba e do Brasil.

Francivalda Bandeira de Sousa Brunet
Presidente da Federação de Safs do POPB

segunda-feira, 15 de dezembro de 2014

XII LEGISLATURA DO POPB

Entre os dias 11 e 13 deste mês aconteceu na Igreja Presbiteriana de Imburaninha, município de São Domingos de Pombal-PB, a XII legislatura do Presbitério Oeste da Paraíba-POPB. O POPB é formado por oito igrejas, das quais 4 estão na zona rural, envolve a região sertaneja, numa abrangência que vai desde a cidade de Santa Luzia-PB até Cajazeiras-PB. Imburaninha é uma dessas igrejas da zona rural, hoje pastoreada pelo Rev. Jessé Silva que pastoreia também  a Igreja Presbiteriana de Betel situada na mesma região da zona rural de São Domingos.
Pela graça de Deus foram dias abençoados com projetos abençoados para o ano de 2015. Dentre alguns projetos e decisões importantes destacam-se as seguintes:

1. Abertura do campo de São Bento-PB, uma parceria da JMN com o POPB.
2. Criação de um curso preparação básica em teologia reformada para obreiros e presbíteros e diáconos.
3. Recepção de novos pastores em processo: Rev. Humberto Diniz para IPB de Patos-PB e Rev. Enéas Sá para o campo missionário de São Bento-PB.
Comissão Executiva para 2015

Presidente: Rev Geremias Linhares

Vice-presidente Rev. Julimar Bernardes

Secretário Executivo
Rev. Clodoaldo Brunet

1º Secretário Rev Rivaldo Gomes

2º Secretário Rev. Eudo Gomes

Tesoureiro: Presb. Genilson Felinto






Secretarias de Causas

SAF - Rev. Almir Pereira

UPH -  Presb. José Ferreira Neto

UMP - Rev. Julimar Bernarde

UPA - Rev. Rivaldo Gomes

Evangelização - Rev. Humberto Diniz

Apoio Pastoral - Rev. Silas dos Anjos

Mordomia - Rev. Geremias Linhares

Terceira Idade - Expedito

UCP - A definir pela Executiva.


Igreja Presbiteriana de Imburaninha,
São Domingos-PB, 13/12/2014.

                    

Rev. Clodoaldo Brunet
Secretário Executivo

terça-feira, 4 de novembro de 2014

AS BOAS NOVAS PARA O SERTÃO

Neste sábado dia 01 de Novembro de 2014, os irmãos presbiterianos de Cajazeiras-PB, realizaram o segundo culto de proclamação  das boas novas aos sertanejos. Esse culto faz parte de uma meta de evangelizar os menos evangelizados. Com a graça de Deus  esperamos chegar aos lugares mais distantes dos setores urbanos onde  praticamente não há presença de  igrejas evangélicas.
Essa segunda experiencia aconteceu após as visitas de uma equipe de irmãos formada pelo  pastor Júlio e os irmãos Jarismar e José de Sousa, este último um ex-morador da própria região. O sítio Bé fica próximo ao local do túnel da transposição do rio São Francisco. Nesses trabalhos de visitação foi distribuída literatura cristã  e a palavra pregada de casa em casa. Com isso,  as portas se abriram para o primeiro culto no sítio Bé. Na ocasião de nossa primeira reunião pudemos experimentar da boa acolhida sertaneja  dada pelos moradores da comunidade. Compareceram muitos dos que foram visitados pela equipe de evangelização. A boa recepção dos moradores foi confirmada pelo convite para realizarmos novos cultos evangelísticos. 
Os trabalhos de liturgia foram dirigidos pelo pastor Júlio Melo com a participação do ministério de música da igreja e a pregação do Rev. Clodoaldo Brunet. Os irmãos participaram ativamente com todo o apoio para o transporte das pessoas e do som, ainda, contamos com  o apoio da   saf, o que foi muito proveitoso.
Diante disso, redemos graças ao Senhor pela oportunidade. Do mesmo modo oramos para que novas portas se abram e almas se convertam ao Senhor.   



sábado, 18 de outubro de 2014

MAIS UMA ETAPA VENCIDA

Dia 10 de outubro com ajuda do Senhor vencemos mais uma etapa da construção. Desta feita, concluímos o piso da nave da igreja. O material empregado foi o que chamamos de granizo, não confundir com granito material bem mais caro. Trata-se da mistura de cimento com um tipo de pedra sobre o qual se aplica um polimento com máquinas. Este  tipo de piso é o mais barato e resistente que encontramos para igreja. Inicialmente planejávamos colocar cerâmica, mas isso elevaria os custos em 100%  mesmo com a cerâmica  mais barata. Concluímos diante disto que  o granizo seria ideal por conta do custo benefício.
No dia 11 no horário da tarde os jovens da igreja se reuniram para lavar o novo piso e pintar os portões. Foram momentos de serviço voluntário que nos proporcionaram muita alegria. Por isso louvamos ao Senhor por mais uma etapa vencida.

SOLI DEO GLORIA



.




Em Cristo

Pr Clodoaldo Brunet

quinta-feira, 25 de setembro de 2014

SUSTENTA-ME COM UM ESPIRITO VOLUNTÁRIO (SL 51.12b)

Em 16 de Maio de 2013 iniciamos a construção da Congregação Presbiteriana de Sousa em Cajazeiras-PB. Naquele momento contávamos com uma pequena oferta nas mãos da comissão de finanças para construção. O irmão Orlando, membro da comissão, disse-me que só daria pra cavar os buracos dos alicerces. Enquanto isso, a igreja sonhava com muito mais; sonhava que o dinheiro se multiplicaria,  ao menos para permitir a conclusão de todo o alicerce. Foi um verdadeiro sonho mesmo. Naquela situação quem  olhasse para os membros da Congregação poderia dizer as mesmas palavras ditas a José por seus irmãos: “Vem lá o tal sonhador!” (Gn.37.19). Para confirmar essa realidade contávamos apenas com as finanças da própria Congregação, que ainda hoje é pequena em números. Não havia recursos nem para contratação dos profissionais de engenharia e arquitetura, mas  havia esperança de que Deus levantaria voluntários dentro da própria igreja.

Nos alimentamos com a esperança das palavras do salmista Davi: “...sustenta-me com um espírito voluntário” ( Sl 51.12). Esperamos que Deus   nos sustentasse sempre com um espírito voluntário. Com isso, passamos a escrever centenas de cartinhas aos irmãos das Igrejas  Presbiterianas espalhados por esse Brasil.  Continuamos em oração e confiança no Senhor para obtermos respostas das mesmas.  Nesse processo de busca de voluntários recebemos o apoio do blog dos diáconos, uma importante ferramenta  de divulgação. Alguns irmãos passaram a se envolver na  contribuição de recursos financeiros e humanos. Para arquitetura, o  Presb. Luiz Frederico Rocha, membro da própria congregação na época e hoje morando em Assis SP, sugeriu a  ideia dos arcos com a cruz , sendo feito, pelo mesmo, os primeiros rabiscos da engenharia; ainda tivemos a voluntariedade do irmão  Francisco Silveira, engenheiro e membro da IPB em Fortaleza-CE, que não somente fez a planta, mas pagou o próprio CREA.  Depois, contamos com o Sr Wagner, engenheiro da cidade, que nos fez um preço de amigo para acompanhar o projeto. O Sr Wagner mesmo não sendo membro da igreja foi sustentado pelo mesmo espírito voluntário. Para completar a obra veio a ajuda de irmãos que amam o Senhor mais do que as cores denominacionais. O pastor Lacerda,  da Igreja Congregacional da Aliança, foi um deles. Esse homem de Deus além de pastor é pedreiro e tem um histórico de construção de igrejas aqui na cidade, desde  muito tempo; um exemplo de voluntariedade cristã. Outro servo envolvido no mesmo propósito, também pastor congregacional foi o irmão Idenildo, este irmão participou ativamente no mutirão das ferragens. Não podíamos deixar de registrar a alegria dos próprios irmãos da congregação, pois,  se dispuseram a orar e a trabalhar em  mutirões, elaborando   cartinhas, realizando bazares - a nossa SAF foi quem incansavelmente se envolveu nessa tarefa, -   e vendendo panos de pratos, estes repassados pelo   irmão  Sr. José de Sousa a preço de custo;  Daniel Bonfim e suas divulgações,  pastor Júlio Melo liderando alguns trabalhos;  Pr Flávio Dantas e a igreja Granja Viana em SP; a irmã Célia Modesto do Rio de Janeiro; irmãos da IPB de Pombal-PB, Patos-PB, Sousa-PB, Santa Rita-PB, João Pessoa-PB, Manaus-AM, Brasília -DF, Rio Verde-MG, sinodal de SAF  e muitos outros irmãos anônimos que nos alegraram no Senhor ( Fl. 4.4).

Em virtude de tudo isso, a igreja passou a entender melhor as palavras do profeta Samuel: “... Ebenézer, até aqui nos ajudou o Senhor" (I Sm.7.12). A obra  seguiu adiante  desde o primeiro dia, sem nenhuma interrupção, mesmo com tão  pouco.  Este pouco veio a ser muito, para honra e glória do Senhor. Com isso foi possível no dia 31 de maio de 2014 a igreja passar-se para o novo templo. É verdade que ainda faltam algumas coisas como: o piso definitivo, portas e janelas da nave principal, forro e iluminação. Mas, agora mesmo, estamos trabalhando pelo piso e portas. Por isso, expomos aqui um pouquinho dessa história. Temos esperança de que o Senhor levante, novamente, irmãos com o mesmo espírito voluntário para contribuir com esses desafios finais. Assim, registramos nossa gratidão a Deus por nos permitir servir em sua obra com um espírito voluntário.  E à todos os irmãos os quais  participaram deixo as palavras de consolação e incentivo registradas pelo profeta Zacarias: “... Não por força nem por poder, mas pelo meu Espírito, diz o Senhor dos Exércitos” ( Zc.4.6b).


  
Em Cristo, o Senhor da Igreja,
Rev. Clodoaldo Brunet.


CONTRIBUIÇÕES:

Contribuição: Caixa Econômica Federal - Agência 0040, Op. 013, N° 00014507-6 Igreja Presbiteriana de Sousa-PB.CNPJ 03351726/0001-67  
BANCO DO BRASIL CONTA POUPANÇA 19.778-5 OP 51 AGENCIA 0099-X 
CONTA POUPANÇA BANCO BRADESCO 1009018-0 TIPO 00 AGENCIA 1053 - 7










quarta-feira, 3 de setembro de 2014

QUE DA PEDRA POSSA BROTAR ÁGUA VIVA.

Na noite de 16 de agosto foi realizada a primeira atividade evangelística de avanço para o sertão. A programação se deu após algumas visitas do Pr Júlio Melo e do irmão José de Sousa as comunidades próximas ao canal da transposição do Rio São Francisco, trata-se da localidade conhecida como sítio Arruído município da Cajazeiras-PB. 
Na paisagem nos cercam muitas pedras, inclusive aquelas que formam os paredões do túnel da transposição. Diante disso fico a pensar o quão duro pode ser o coração humano, mas em alívio me recordo das palavras de Jesus: "Quem crer em mim, como diz a Escritura, do seu interior fluirão rios de água viva"  ( Jo 7.38). É o Senhor poderoso para fazer brotar rios de águas vivas nos corações sertanejos. 
Por algumas vezes o Pr Júlio e o irmão José, visitaram as obras da transposição com o propósito de distribuir folhetos aos trabalhadores. Essa é uma porta que se abre como oportunidade de evangelizar com literatura cristã aqueles homens que labutam numa das maiores obras da engenharia do Brasil.  Foi  numa dessas idas ao canteiro de obras, que nossos irmãos visitaram a casa de Dª  Maria de Fátima e, com o contato inicial portas se abriram para uma reunião evangelística com as pessoas da comunidade. Dª Maria com aquela boa hospitalidade sertaneja recebeu a todos com alegria em sua residencia. Na reunião da noite do dia 16 de agosto, estiveram presentes 12 pessoas do sítio Arruído e seis irmãos da  nossa congregação.
Assim com a graça de Deus a sua palavra foi anunciada aos presentes, no final  foi distribuída literaturas cristã e firmado  o compromisso para novas reuniões.
Nossa oração é que Deus em sua infinita graça queira abençoar essas pessoas que nos receberam derramando-lhes o entendimento do evangelho  de Jesus. 

Rev. Clodoaldo Brunet




  Túnel da transposição. São 19 km cortando camadas de rocha da serra do Vital. Essa obra é a esperança para os que sofrem com as secas nos sertões, da pedra fluirá água. Isso me faz lembrar de Jesus quando disse: "Quem  crer em mim, como diz a Escritura, do seu interior fluirão rios de água viva"  ( Jo 7.38)





É possível ver na foto acima que um caminhão adentra o túnel sem nenhuma dificuldade. Nessa segunda foto, vê-se um pouco do interior do mesmo.

sexta-feira, 22 de agosto de 2014

AVANÇANDO PARA OS SERTÕES



"  A IGREJA QUE NÃO EVANGELIZA SE ESTIOLA"

Rev. Natanael Cortez, ministro presbiteriano, desbravador dos rincões do Ceará.
12/01/1859 à 03/08/1967

Um dos projetos da Congregação Presbiteriana de Cajazeiras-PB é alcançar povoados,  sítios e até cidades vizinhas, pois ela entende que isso faz parte do "Ide de Jesus" ( Mt 28.19). Tal projeto justifica-se ainda mais pelo fato de que há inúmeros  lugares no sertão que não receberam a genuína pregação da Palavra de Deus. Essa situação dá-se,  em parte, pela dificuldade das igrejas locais quanto a auto-sustentação, principalmente em  lugares pequenos, por outro lado, ocorre o esfriamento do fervor missionário deixado pelos pioneiros da evangelização. 

Da década de oitenta para noventa foi grande o êxodo rural, muitas pessoas deixaram de viver nos sítios, outras continuaram, embora não  tão dependes da agricultura.  Dou-lhes esse testemunho a partir das minhas  observações. Outro dia por exemplo, ouvi o testemunho de um Presbítero da Igreja Presbiteriana de Betel, Igreja do interior de São Domingos-PB, uma pequena cidade. Ele disse que na década de setenta, só a UMP ( União de moços presbiterianos ) das  duas igrejas rurais, ou seja, Betel e Imburaninha, era formada por 95 jovens. Hoje, esse número foi reduzido a uma media de trinta sócios. Isso deu-se em muito como resultado da migração de vários sertanejos, ao  fugirem da seca e da falta de oportunidades  foram  para regiões  com melhores  condições.

O quadro hoje é outro, não há muita força na agricultura, a população está mais envelhecida, vive dos benefícios sociais,  quanto aos jovens,  buscam trabalhar ou estudar nas cidades maiores do próprio sertão. As principais cidades do sertão, hoje, tem seus centros de formação e algumas oportunidades de trabalho. 

Diante dessa realidade, a igreja entende a necessidade de avançar para o sertão, ou seja, chegar aos povoados e sítios, lugares não alcançados com o evangelho da graça de Deus. Precisamos evangelizar essa população carente de muitas coisas, mas principalmente do amor do Pai. Enquanto  pensávamos  e orávamos sobre  projeto recebemos um presente que servirá  ao mesmo, trata-se  de um reboque. Com o apoio do reboque será possível trasportar todo material de evangelização. Essa foi com certeza uma das respostas favoráveis do Senhor. Por isso, louvamos o Seu Santo nome por sua generosidade, e em oração contamos com o seu apoio.


Em Cristo

Rev. Clodoaldo Brunet                                                                                                             
                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                               FOTO ILUSTRATIVA

quinta-feira, 17 de julho de 2014

MÊS DE JULHO DE 2014 - MÃOS A OBRA.


Neste mês reiniciamos as obras de construção da igreja. Concluímos na semana passada a etapa do cimento do beco de acesso pelo lado direito, mais o sistema de esgotamento. Em curso nesta semana o fechamento das paredes de ambos os lados e o reboco externo.

Mais uma vez somos gratos a Deus, pois, providencialmente envia seus  seus recursos por meio de irmãos comprometidos com a sua obra. Alguns contribuem regularmente, mesmo distantes, enquanto outros esporadicamente ao passo que alguns de modo anônimo. Deixamos a todos a nossa gratidão e o registro das palavras  do Apóstolo  Paulo: "Portanto, meus amados irmãos, sede firmes, inabaláveis e sempre abundantes na obra do Senhor, sabendo que, no Senhor, o vosso trabalho não é vão" I Co 15.58 



sexta-feira, 11 de julho de 2014

DIA 31 DE MAIO DE 214 - MAIS UMA ETAPA DE UM SONHO.

No dia 31 de maio de 2014 aconteceu o primeiro culto em ações da graças pela primeira etapa da construção da Igreja Presbiteriana de Cajazeiras-PB.  Desde o ano de 1996 nossa congregação peregrinou por vários prédios alugados mas, agora com a graça do Senhor cessou a nossa jornada. Ainda faltam as portas e janelas, forro, instalações e outros, mas, já podemos utilizar o prédio para os cultos e reuniões.
 Na ocasião estiveram presentes o Rev. Geremias Linhares presidente do Presbitério Oeste da Paraíba,  Rev Almir Pereira secretário do trabalho feminino do POPB, a presidente da Federação de SAFs do POPB irmã Madileide,  irmãos da IPB de Sousa e de Peniel, o grupo Jerusalém Santa da IPB Sousa dirigido pela irmã Vanilda,  os presbíteros José Ferreira, Eudes e Valmir também da IPB de Sousa, além de alguns irmãos de outras denominações da cidade. Na mesma data a SAF da Congregação de Cajazeiras-PB ofereceu um culto em ações de graça pelo seu primeiro ano de reorganização. O pregador do culto foi o Rev. Almir que nos falou sobre a necessidade de crescer na graça e no conhecimento do Senhor Jesus.



Abaixo segue trecho de um texto impresso no boletim litúrgico, escrito pela irmã Francivalda Brunet Presidente da SAF da congregação:


Primeiro ano de comemoração da reorganização da SAF de Cajazeiras-PB.

Dia 30 de Maio de 2013 marca a data de reorganização da Sociedade auxiliadora Feminina da Congregação Presbiteriana de Sousa em Cajazeiras. Esta data é muito significativa para nós, pois a partir de então podemos integrar a Federação de Safs do Presbitério Oeste da Paraíba-POPB, e assim, desenvolvermos um trabalho coletivo mais organizado. 
Esteve presente na reunião de oficialização da SAF a comissão da Federação do POPB representada pelas as irmãs: Adeilza Maria de Sousa Silva, Nereide Elvira de Almeida, o secretário de causas Rev. Almir Pereira dos Santos,  o pastor da Igreja Presbiteriana de Sousa Rev. Jeremias Linhares dos Santos e o pastor da Congregação de Cajazeiras-Pb Rev Clodoaldo Brunet, ainda se fizeram presentes as SAFs  de Cachoeira e Peniel. Nesse mesmo dia deu-se a programação do primeiro Safamilia. Iniciamos  com o número de  15 sócias. No percorrer do  primeiro ano tivemos um acréscimo de cinco sócias e uma retirada  por motivo de mudança de cidade. Nossas atividades foram desenvolvidas sempre valorizando a participação das secretarias as quais são indispensáveis para o bom êxito no trabalho, tendo como princípios: 
· Manejar bem a palavra da verdade;
· Pregar o evangelho a toda criatura;
· Viver uma religião pura e sem mácula - visitar os órfãos e as viúvas nas suas tribulações e a si mesmo guardar-se incontaminada do mundo. Zelando por:
“Buscar na vida com Cristo o caminho da consagração, da comunhão e do serviço; 
Ser portadora da mente de Cristo; 
Parecer cada dia mais com Ele; 
“Ser sua discípula, segundo o Seu coração”. 
Estamos felizes com o trabalho desenvolvido pelas irmãs e o modo como têm construído verdadeira comunhão em amor. Faço minhas as palavras do apóstolo João “Fiquei sobremodo alegre em ter encontrado dentre os teus filhos os que andam na verdade, de acordo com o mandamento que recebemos da parte do Pai”. (II João 4). Assim caminha a nossa SAF servindo conforme o dom que recebeu como boas despenseiras da multiforme graça de Deus. 
Francivalda Brunet
    Presidente

                                                                                    

terça-feira, 17 de junho de 2014

POSTAGEM DO BLOG DOS DIÁCONOS http://blogdiaconos.com/?p=14388

Comunicado do Rev. Clodoaldo Brunet revela fase conclusiva de Templo Presbiteriano em Cajazeiras

Rev. ClodoaldoRecebemos, esses dias, da parte do estimado e abnegado reverendo Clodoaldo Brunet (foto), da longínqua cidade de Cajazeiras, no sertão paraibano, uma missiva, para nós muito importante e que traz ao âmago de nossa alma profunda e inefável alegria, no SENHOR ao percebermos que a Sua vontade e dispensação se concretiza dia após dia e o Seu templo naquele lugar já é algo palpável, definitivo e muito especial. Glórias a Deus!
Mesmo sem mais constar no comunicado do reverendo Clodoaldo, a exemplo dos anteriores, achamos por bem divulgar novamente os dados bancários para que os irmãos e irmãs que desejem, possam contribuir para com as despesas de conclusão do templo:
Caixa Econômica Federal – Agência 0040, Op. 013, N° 00014507-6 Igreja Presbiteriana de Sousa-PB.CNPJ 03351726/0001-67
Agradecemos a Deus pela vida de todos os irmãos e irmãs que através do blogdiaconos foram informados e por condução do Santo Espírito contribuíram com essa obra.
da redação, diácono Eliezer Gomes
Veja à integra da carta enviada pelo reverendo Brunet
IGREJA PRESBITERIANA DO BRASIL
CONGREGAÇÃO DE CAJAZEIRAS PB
Ao
Diácono Eliezer - Blog dos Diáconos e demais colaboradores.
“A QUEM DÁ LIBERALMENTE, AINDA SE LHE ACRESCENTAM MAIS E MAIS; AO QUE RETÉM MAIS DO QUE É JUSTO, SER-LHE-Á EM PURA PERDA. A ALMA GENEROSA PROSPERARÁ,  E QUEM DÁ A BEBER SERÁ DESSEDENTADO” PV 11.24-25
Que esta ao chegar os encontre crescendo na graça e no conhecimento do Senhor Jesus.
Compartilhamos as bênçãos do Senhor com os irmãos para que as novas notícias levem alegria aos vossos corações.
Nosso lema desde que iniciamos a construção, em cada etapa vencida tem sido: Ebenézer, até aqui nos ajudou o Senhor ( I Sm 7.12 ).
Com mais uma etapa concluída podemos dizer novamente: Ebenézer ate aqui nos ajudou o Senhor.  Desta vez estamos mais entusiasmados, pois, apenas uma semana nos separa do primeiro culto que será realizado no novo templo, no dia 31 de maio. Nesse dia no horário das 19h:00 haverá o primeiro Culto em Ações de Graças, na ocasião ocorrerá a entrada no templo e o primeiro aniversário da SAF.
Apesar disso, ainda não concluímos o templo, temos apenas o básico para mudança, ainda faltam as portas da nave, instalações elétricas, cerâmica, forro e pintura. Todavia, essa mudança nos permitirá uma economia nos alugueis possibilitando investimentos no que falta.
Queremos agradecer a todos os amados irmãos espalhados pelo Brasil que tem contribuído para que essa obra se torne realidade. Sem vocês não teríamos chegado tão rápido aos resultados apresentados, com certeza vocês foram os instrumentos de Deus  para concretização desse sonho, uma IgrejaPresbiteriana na terceira maior cidade de sertão da Paraíba, Cajazeiras-PB. NOSSA GRATIDÃO ao blog  dos Diáconos e aos seus leitores pela parceria e a  Igreja Presbiteriana  do Brasil.
SOLI DEO GLORIA. - Em Cristo - Rev Clodoaldo A Brunet
Cajazeiras
Preparando para cobrir
Preparando para cobrir
Próximos passos: Forro e piso
Próximos passos: Forro e piso
Bençãos de Deus
Bençãos de Deus

3 RESPONSES TO COMUNICADO DO REV. CLODOALDO BRUNET REVELA FASE CONCLUSIVA DE TEMPLO PRESBITERIANO EM CAJAZEIRAS

  1. “Mas regozijem-se todos os que em ti confiam; folguem de júbilo para sempre, porque tu os defendes; e em ti se gloriem os que amam o teu nome. Pois tu, Senhor, abençoas o justo e, como escudo, cerca-o com tua benevolência. ”
    Salmo 5.11-12
  2. Meu caro e querido sobrinho Clodoaldo Brunet; a graça maravilhosa do Senhor Jesus em tua vida vem a cada dia confirmando não somente o dom para o Ministério da Palavra que você tem exercido como paladino do evangelho, mais também como verdadeiro plantador de igrejas. Assim foi na cidade de José de Freitas no Piauí, onde além de um trabalho profícuo como missionário, deixou ali construído uma obra de pedra e cal “Templo e Casa” e agora o mesmo acontece em Cajazeiras na Paraíba. Parabéns querido Pastor. Deus seja contigo e os seus dias sejam prósperos. Amém.
  3. José Salvador Pereira 
    Com uma das frases mais conhecidas do povo cristão, sertanejo, eu saúdo o a Igreja Presbiteriana de Sousa-PB, o Rev. Geremias Linhares, o Rev. Clodoaldo Brunet, e a cada membro da Igreja, na cidade de Cajazeiras, pela construção do novo templo, da IPB.
    “LOUVADO SEJA NOSSO SENHOR JESUS CRISTO” !!!
    At. 5:38 E agora digo-vos: Dai de mão a estes homens, e deixai-os, porque, se este conselho ou esta obra é de homens, se desfará,
    39 Mas, se é de Deus, não podereis desfazê-la; para que não aconteça serdes também achados combatendo contra Deus.

DEIXE UMA RESPOSTA

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados




 DIA 29 DE MAIO DE 2014. FAXINA DO NOVO TEMPLO, IRMÃOS CHEIOS DE ALEGRIA TRABALHAM PARA DEIXAR O LOCAL PRONTO PARA O DIA 31 DE MAIO.



quinta-feira, 20 de março de 2014

...EBENÉZER, E DISSE: ATÉ AQUI NOS AJUDOU O SENHOR. I SAMUEL 7.12b


Mais uma etapa do sonho de ser igreja se concretiza por meio da construção do templo, graças aos irmãos e irmãs que Deus tem levantado nesse imenso Brasil para contribuir. Assim, mais uma etapa está sendo vencida, dessa feita o reboco  que aos poucos dá nova forma as paredes da  casa de oração.

Isso traz grande alegria para os irmãos, que cada vez mais se movimentam para participar de alguma maneira da conclusão da obra. Graças ao Senhor, temos visto o interesse dos membros da congregação, seja  orando ou contribuindo financeiramente.

Nosso desejo é de nos mudarmos o mais rápido possível para o novo templo, pois, o lugar atual da nossa congregação já está ficando pequeno. Assim, logo que for colocado o teto e os banheiros estiverem prontos, nos mudaremos para o novo endereço. Graças as últimas ofertas recebidas temos os recursos da mão de obra, só precisamos agora conseguir 200 sacos de cimento.
Pedimos aos irmãos que leem essa matéria que continuem orando por essa obra para que o Senhor seja glorificado por meio dela.

SOLI DEO GLORIA.

Rev. Clodoaldo Brunet




Ouça nossa rádio